31.10.08

TIO VÂNIA

A Propositário Azul, com encenação de Maria João Miguel, pegou no texto de Anton Tchékhov , escrito no final do séc. XIX, Tio Vânia.



Esta peça relata-nos os encontros e desencontros entre as diferentes personagens, os amores e ódios que existem em todas as sociedades.










Encontra-mos um Vânia em que a vida lhe passou ao lado, a Sónia é incapaz de lutar por um amor não correspondido, um Astrov que por mais que sonhe nunca consegue atingir os seus objectivos, Serebriakov que em fim de vida fica sem os êxitos que foi alcançando ao longo da vida, a Helena desiludida com o casamento que fez e ao qual se sente acorrentada e por fim Mariana que tenta manter esta família unida, mesmo sendo ela infeliz.






























Não percam.

4 comentários:

Anónimo disse...

É lindo o trabalho que tens feito até hoje!
É com muita dor e tristeza que fiquei a saber que não vou poder mais ver nenhuma obra de arte tua nova.
Com muitas saudades e até um dia da tua prima que te adora...

Luar disse...

Ricardo um beijo grande e muito azul!

Renato Baltazar disse...

Saudades amigo!!!Que descanses em paz e que continues a fazer fotos no céu...

Sónia Parreira disse...

Partistes, mas a tua imagem(s) fica(m) entre nós. Já com saudades muitas, da prima Sónia. Jinhos ...